CSR NOTÍCIAS

23/01/2019

Nacional perde para Água Santa por 2 a 0

Juan Reol - Mtb 41.452 / Assessor de Imprensa

O Nacional Atlético Clube-SP pressionou, chutou, correu muito e, mesmo assim, não conseguiu reverter o placar imposto pelo Água Santa-SP ainda no primeiro tempo. Derrota por 2 a 0 no Estádio Nicolau Alayon, na Barra Funda, em São Paulo (SP), na partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Paulista A2 2019. O confronto foi disputado na tarde de quarta-feira (23). Dada, de pênalti, e Everton foram os autores dos gols.

Com o segundo revés em dois jogos, o Naça ocupa a 15º colocação da tabela de classificação, ainda sem nenhum ponto conquistado. O visitante é líder da competição com seis pontos. A rodada desta quarta-feira termina com partidas às 20 horas.


Emerson Mi foi escolhido o capitão do Nacional na partida contra o Água Santa
(Crédito da foto: Ale Vianna / Divulgação Nacional)

O Nacional-SP volta a campo no sábado (26), às 17 horas, para enfrentar o XV de Piracicaba-SP no jogo válido pela 3ª rodada do Paulistão A2 2019. A partida será disputada no Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba (SP).

Titular contra a Portuguesa Santista-SP, em Santos (SP), o atacante Bruno Nunes foi vetado pelo departamento médico devido dores no audtor. Em seu lugar entrou Matheus Ortigoza, que já o havia substituído na estreia do Paulistão. No banco de reservas duas novidades: o atacante Lucas Lino e o meia Patrik, reforços que foram inscritos na competição na segunda-feira (21).

O Naça foi para cima do Água Santa-SP nos 10 minutos iniciais da partida e quase abriu o marcador em três oportunidades, com Matheus Ortigoza por baixo e de cabeça, e com Matheus Lu após linda enfiada de bola de Emerson Mi. Os visitantes descontaram apenas uma vez, mas Everton Dias bloqueou o atacante e aliviou para o time da casa.

O Água Santa-SP pressionou aos 14 minutos e ganhou escanteio. O camisa 10 Luan Dias, que no minuto anterior já havia mandando uma bola por cima do gol nacionalino, cobrou rasteiro, para trás. Alvinho chutou e a bola pegou na mão do jogador do Nacional-SP, pênalti que o árbitro Rafael Gomes Félix da Silva confirmou. O camisa 11 Dada foi andando para a bola e bateu forte no canto esquerdo de Maurício Telles, que acertou o canto, mas não conseguiu defender. O time de Diadema (SP) abriu o placar aos 15 minutos.


Atacante Matheus Ortigoza não teve boas chances para abrir o placar
(Crédito da foto: Ale Vianna / Divulgação Nacional)

Mesmo em desvantagem, o Nacional-SP seguiu pressionando a equipe do Água Santa-SP, que se defendia e saía nos contra-ataques. E justamente com essa estratégia que os visitantes ampliaram o resultado parcial aos 25 minutos. Caio Mendes cobrou escanteio, o goleiro Paes saiu bem e mandou a bola para o meio do campo. Os adversários ficaram com a posse e foram tocando até a granda área, sendo bloqueados pela defesa. No rebote, sozinho, o camisa 7 Everton teve tempo de matar, dominar e chutar forte, de longe, indefensável para Maurício Telles. 2 a 0.

Em vantagem, o Água Santa-SP permanceu em seu campo de defesa apenas esperando os avanços do Nacional-SP que, tentando diminuir o resultado, atacava pelos dois lados do campo. Quando abria espaço, o Netuno respondia com perigo. Aos 35 minutos, após boa troca de passes com Ferdinando e Matheus Lu, Danilo Negueba recebeu na intermediária, avançou e bateu, para fora, pelo lado esquerdo.

Aos 43 minutos saiu o primeiro cartão amarelo do jogo. Ferdinando e Everton Tchê trocaram bons passes até o camisa 5 receber e ter campo para avançar em direção ao gol. Após driblar o primeiro adversário, o atleta nacionalino foi parado na falta. Pela entrada com carrinho, Diogo Marzagão, com a 8, recebeu a advertência. Na cobrança, Léo Cunha mandou na barreira.


Danilo Negueba em disputa de bola na grande área
(Crédito da foto: Ale Vianna / Divulgação Nacional)

A última tentativa do Nacional-SP para tentar diminuir a diferença no placar aconteceu nos acréscimos do primeiro tempo, aos 46 minutos. Caio Mendes cobrou falta pela esquerda. A bola viajou até a área e quase Matheus Ortigoza conseguiu completar, mas parou na defesa, que matou a jogada. Apito do árbitro e fim da etapa inicial.

Allan Aal voltou para o segundo tempo com duas substituições no Nacional-SP. Matheus Lu, com a 11, deu lugar a Matheus Humberto, com a 17 e, procurando deixar a equipe ainda mais ofensiva, o técnico tirou o volante Ferdinando, com a 8, para a entrada do estreante Lucas Lino, com a 18.

Logo no segundo minuto da etapa final, Matheus Humberto fez jogada pela direita e tocou para o capitão Emerson Mi. O camisa 10 recebeu na área, deu um chapéu de costas no zagueiro e, quando ia mandar no sem pulo para o gol, foi bloqueado. Lindo lance no Nicolau Alayon.

Aos 7 minutos, Everton Tchê recebeu amarelo após falta dura em Dada. O primeiro cartão amarelo para um atleta do Nacional-SP na partida. A equipe da Barra Funda pressionando muito.

Aos 13 minutos a primeira troca do Água Santa-SP. Aproveitando os dois gols de vantagem, o técnico Márcio Ribeiro tirou o meia Luan Dias, com a 10, para a entrada do zagueiro Batista, com a 13. Visitantes na retranca.

Lucas Lino fez bela jogada individual e foi derrubado com falta. Léo Cunha cobrou, mas a bola bateu na barreira. Matheus Humberto ficou com o rebote, limpou e encontrou Danilo Negueba dentro da área. O camisa 7 chutou cruzado para grande defesa do goleiro Paes.

O técnico Márcio Ribeiro fez a segunda substituição de sua equipe aos 19 minutos. Sacou o meio-campista Diogo Marzagão, com a 8, para entrada de Celsinho, com a 16, tirando seu time da defesa.

As mudanças do treinador visitante fizeram o Água Santa-SP equilibrar mais as ações, saindo da pressão do Nacional-SP, que tentava diminuir o placar. Com isso, Allan Aal fez a última mudança em sua equipe. Tirou Emerson Mi, com a 10, para promover mais uma estreia com a entrada do camisa 16 Patrik. Com isso a faixa de capitão passou para Danilo Negueba.


Lucas Lino na melhor chance do Nacional na derrota por 2 a 0 para o Água Santa
(Crédito da foto: Ale Vianna / Divulgação Nacional)

Aos 29 minutos o Água Santa-SP fez sua última substituição. Saiu o camisa 11 Dada, autor do primeiro gol, para entrada de Kaique, com a 17. O Netuno, mesmo em vantagem, deixou de ficar na retranca e passou a levar mais perigo ao Naça, que não conseguia acertar as jogadas. Quando acertava, Danilo Negueba, Matheus Humberto e Lucas Lino faziam os lances mais perigosos.

Quase gol aos 35 minutos. Lucas Lino fez bela jogada pela direita e cruzou para a área. No bate-rebate, o zagueiro Everton Dias, que havia subido para o ataque, chutou com efeito e mandou no travessão. No rebote, a defesa chutou para fora. Nacional-SP pressionava, mas não conseguir marcar.

Não faltou raça e vontade aos atletas do Nacional-SP nos minutos finais do confronto. Eles encurralaram o Água Santa-SP em seu campo, que passou a se defender como podia. Faltou mesmo sorte para o Naça chegar ao gol, que acabou perdendo por 2 a 0 no segundo jogo do Paulistão A2 2019.

Campeonato Paulista A2 2019
2ª rodada
Nacional 0 x 2 Água Santa

Data: 23/01/2019 (quarta-feira) – 16 horas
Local: Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo (SP)
Público: 254 / Renda: R$ 3.010,00
Arbitragem: Rafael Gomes Félix da Silva, auxiliado por Osvaldo Apipe de Medeiros Filho e Bruno Silva de Jesus. 4º Árbitro: Regildênia de Holanda Moura.
Cartões amarelos: Everton Tchê (Nacional) / Diogo Marzagão (Água Santa)
Cartões vermelhos: -

Gols: Dada (15min/1ºT – pênalti) e Everton (25min/1ºT) (Água Santa)

Nacional: Maurício Telles; Léo Cunha, Jeferson, Everton Dias e Caio Mendes; Everton Tchê, Ferdinando (Lucas Lino), Danilo Negueba e Emerson Mi (Patrik); Matheus Lu (Matheus Humberto) e Matheus Ortigoza. Técnico: Allan Aal.

Água Santa: Paes; Jonathan Bocão, Luizão, Lombardi e Bruno Recife; Serginho, Everton, Diogo Marzagão (Celsinho) e Luan Dias (Batista); Dada (Kaique) e Alvinho. Técnico: Márcio Ribeiro.

Leia também:
31/01/2019 - No jogo de dois dias, Nacional e Rio Claro empatam em 0 a 0
30/01/2019 - Confronto entre Nacional e Rio Claro é adiado para quinta-feira (31) devido tempestade
29/01/2019 - Allan Aal convoca 18 atletas para confronto contra Rio Claro
28/01/2019 - Nacional se reapresenta com jogo-treino contra São Paulo
27/01/2019 - Nacional conquista primeiro ponto no Paulistão A2 2019 com empate com XV de Piracicaba

 

CSR SPORTS © Todos os direitos reservados